Publicidade

O goleiro Gatito Fernández não entra em campo pelo Botafogo desde o clássico contra o Vasco, no dia 23 de setembro, mas pode retornar em breve. Ele sofreu uma lesão à serviço da seleção do Paraguai e desde então, estava entregue ao Departamento Médico Alvinegro.

Gatito Fernández (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

A recuperação de um edema ósseo no joelho foi longa, mas ele agora está 100% clinicamente. Seu retorno ao time, contudo, depende dele recuperar o aspecto físico. Diego Cavalieri, portanto, seguirá no gol alvinegro na partida deste domingo contra o Corinthians, no Nilton Santos. Entretanto, existe a esperança que Gatito volte no confronto direto com o Athletico-PR, no dia 6 de janeiro.

Cavalieri, por sinal, já disputou mais partidas em 2020 do que o titular. Embora seu desempenho tem sido elogiado, a torcida anseia pela volta de Gatito, que deve

Publicidade

O Botafogo vive situação crítica na tabela e luta contra o rebaixamento para a Série B. A liderança e a segurança de Gatito serão, portanto, fundamentais para a equipe ser bem sucedida na missão quase impossível.

Leia também:

Barroca projeta dificuldades contra o Corinthians em nova ‘final’ para o Botafogo

Publicidade

Kanu: ‘Vamos tratar todos os jogos como se fosse uma final’

Situação semelhante aconteceu no Brasileiro de 2018. Gatito retornou de lesão e com grandes atuações ajudou a equipe e conseguir uma sequência de vitórias que a livrou da degola.

Depois da partida contra o Timão, o Botafogo terá dois confrontos diante de concorrentes diretos contra a degola, Athletico-PR e Vasco. Se vencer os três jogos, o Alvinegro dará um enorme passo para escapar do rebaixamento, mas se fracassar, terá praticamente selado seu destino.