Publicidade

O Botafogo recebeu uma má notícia. Em julgamento realizado no STJD, o goleiro Gatito Fernández foi suspenso por três jogos pelo chute no equipamento do VAR.

Gatito Fernández se recupera de um edema ósseo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Gatito recebeu a punição, além de ter que pagar uma multa R$ 26,6 mil. O episódio aconteceu no início do Campeonato Brasileiro, na derrota do Botafogo para o Internacional.

Depois da punição, o paraguaio se manifestou nas redes sociais e lamentou o ocorrido.

Publicidade

“Gostaria de pedir desculpas à comissão de arbitragem e a todos árbitros de todo o Brasil pelo incidente que eu tive com o VAR. Foi uma má decisão que eu tive nesse jogo. Jamais foi a minha intenção derrubar a cabine. Respeito todos os profissionais que trabalham na arbitragem do Brasil, em todas as categorias. Sei que o VAR é uma ferramenta nova, que está sendo usada no mundo inteiro, veio para ficar e ajudar o futebol. A gente ainda está se acostumando com isso, mas novamente peço desculpas” disse.

A punição só vai contar a partir do confronto contra o Fortaleza, no dia 22. Além deste jogo, Gatito não poderá atuar contra o Atlético-MG e o Flamengo.

Leia também:

Publicidade

Joia! Botafogo perto de segurar Kauê

Pedido pela torcida, Joel Santana se posiciona sobre escolha do Botafogo

Gatito Fernández se recupera de um edema ósseo. A previsão é a de que o goleiro possa voltar a campo após a punição.