Publicidade

O Botafogo vive um grande momento na temporada. No G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, onde aparece cada vez mais consolidado, o Glorioso viu a torcida se encantar com a contratação de Rafael. Assim o momento é propício para apostar no crescimento do sócio-torcedor.

A ideia do Glorioso é que o Camisa 7, nome do seu programa de sócio-torcedor, possa ganhar impulso suficiente para ajudar o clube a honrar alguns compromissos e se manter com um elenco competitivo. Algo importante para um clube com uma dívida avaliada em quase R$ 1 bilhão.

Torcida do Botafogo pode fazer a diferença (Foto: Divulgação)

Esta semana o programa disparou e-mails oferecendo a venda da camisa 7, que será usada por Rafael. O número é histórico no clube por conta de craques como Mané Garrincha e Túlio Maravilha. Além disso o fato de o clube não ter mais lojas físicas torna o lucro nesses casos maior.

Publicidade

MAIS! Vampeta revela boicote frustrado a Túlio Maravilha

O vice-presidente geral do clube reconhece a importância do projeto de sócio-torcedor, que vem passando por reformulações.

– Chegou ao momento de aderir, participar e mostrar a força da torcida mais apaixonada do Brasil. Esse é o momento para adesão em massa ao Camisa 7 – disse ele.

Relacionadas

Publicidade

O Botafogo está em terceiro lugar na Série B do Campeonato Brasileiro com 41 pontos conquistados. O Glorioso volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Náutico no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Assim pode se aproximar ainda mais do acesso.

Comentários