Publicidade

O atacante Sassá, revelado nas categorias de base do Botafogo e que teve passagem pelo Cruzeiro, deve se envolver em uma batalha jurídica e envolver a Fifa na sua luta contra o Marítimo de Portugal. O clube português decidiu rescindir o contrato do jogador e ainda determinou que o mesmo fosse feito com justa causa.

Sassá estava atuando pelo clube português quando se lesionou. Assim veio ao Brasil em busca de tratamento médico. Mas o clbe português não gostou da situação e entendeu que precisava rescindir o contrato de Sassá.

Sassá em ação pelo Marítimo (Foto: Marítimo)

A decisão do clube português fez aumentar a polêmica. Isso porque Sassá garante que teve autorização do Martítimo para isso.

Publicidade

MAIS! Reta final da Série B faz Botafogo definir estratégia

Por meio de sua assessoria de imprensa, o jogador disse que vai buscar seus direitos: “Sassá acionará as autoridades competentes, tanto em Portugal como a nível internacional, para salvaguardar todos os seus direitos”.

Relacionadas

O jogador está no Marítimo desde janeiro e tinha contrato até o fim do ano. Mas até aqui disputou apenas sete partidas pelo clube português, sem ter feito gols ou dado assistências. Assim não deverá deixar saudades no Marítimo.

Comentários