Publicidade

Na reta final do empate sem gols com o Cruzeiro o técnico Enderson Moreira adiantou o volante Luís Oyama para fazer a função de ala pela direita, jogando mais aberto. Em um momento que o Glorioso precisava do contra-ataque, o treinador foi cobrado por não utilizar a velocidade de Ronald. Mas o comandante explicou que optou por preservar Ronald.

Ronald não joga desde o primeiro semestre por conta de uma lesão na perna direita. Assim voltou a ficar à disposição da comissão técnica apenas há duas semanas. O treinador ficou com medo de colocar o jogador n o fogo.

Ronald tem ficado à disposição (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Enderson lembrou que o jogo estava muito pegado no segundo tempo.

Publicidade

– Eu pensei em usar o Ronald sim, pois é uma boa opção. Mas estava há muito tempo sem atuar e o jogo estava muito pegado – disse Enderson.

MAIS! Botafogo sem pressa para promover destaques da base

O treinador está trabalhando para Ronald voltar em melhores condições.

– Queremos que o Ronald volte em uma situação mais confortável. Assim optei pelo Oyama. Achamos melhor naquela situação colocar um jogador de qualidade técnica que consegue sustentar bem o lado, que tem condição, sempre joga para frente, entra na área, faz gol – explicou Enderson.

Relacionadas

Enderson Moreira Botafogo
Cruzeiro x Botafogo Série B

Publicidade

O Botafogo volta a campo pela Série B do Campeonato Brasileiro somente na quarta-feira da próxima semana. O Glorioso recebe o Brusque, que luta contra o rebaixamento, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Comentários