Publicidade

A caminhada do Botafogo na Série B começou com um empate, mesmo tendo um jogador a mais desde a reta final do primeiro tempo. O “roteiro” contra o Vila Nova é um filme que a torcida do Fogão não quer rever. Na temporada passada, o Botafogo sofreu com “empatite” no Brasileirão. E, por enquanto, o problema persiste em 2021.

O Botafogo disputou 18 jogos nesta temporada: empatou 50% deles. No Carioca, por exemplo, foram sete empates em 15 jogos – o Fogão conquistou cinco vitórias na competição. O Glorioso também empatou uma partida pela Copa do Brasil e larga com empate na Série B.

Marcelo Chamusca Botafogo Chamusca tem a missão de levar o Fogão à Primeira Divisão | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

Até aqui, o Botafogo tem mais empates do que vitórias na temporada. São seis triunfos, além de três derrotas. Para quem precisa e deseja ser protagonista na Série B, o Fogão vai precisar superar esta “síndrome”.

Publicidade

Na temporada passada, o Botafogo acumulou empates no Brasileirão, especialmente no primeiro turno, o que também impactou na campanha e prejudicou um início mais tranquilo no torneio.

Relacionadas

Chamusca Botafogo

Em 2020, o Fogão empatou 11 jogos no primeiro turno do Brasileiro. Foi o time com mais empates na 1ª parte do torneio e fechou o turno com 20 pontos e na 16ª colocação.

Após empatar com Vila Nova, o Botafogo tem a semana livre de treinos para se preparar para o duelo com o Coritiba, neste sábado, às 21h, no Nilton Santos. Será mais uma chance para vencer e tentar engrenar uma sequência de triunfos.

Comentários