Publicidade

O Botafogo terá uma pedreira pela frente neste meio de semana. O Glorioso visita o líder São Paulo no Morumbi, em jogo adiado da 18ª rodada. Para esta partida, a equipe ainda não sabe se terá o técnico Eduardo Barroca na área técnica. Diagnosticado com a Covid-19 na segunda-feira da semana passada, o treinador está afastado e não pode estrear no comando do time. Ele realizará novo teste nesta segunda-feira e, caso dê novamente positivo, não viajará com a equipe.

Eduardo Barroca não sabe se vai dirigir o time na quarta (Foto: Divulgação)

Barroca apresentou sintomas da doença, e nesses casos o protocolo da CBF determina afastamento por 14 dias ou até um teste negativo.

LEIA MAIS!

Publicidade

Botafogo vai apertar o cerco para receber de Willian Arão
Dirigente do Botafogo se irrita e nega ida de Gatito para rival

Outro que é dúvida para a partida é o goleiro Gatito Fernández. Afastado desde setembro por conta de um edema ósseo no joelho, ele será reavaliado e pode ficar à disposição.

Victor Luís é desfalque certo

Ausência certa, entretanto, é o lateral esquerdo Victor Luís, expulso contra o Flamengo. Assim o jogador vai cumprir suspensão. Mas Barroca ainda não definiu o substituto.

Publicidade

Com apenas 20 pontos em 23 jogos, o Botafogo vive situação dramática no Campeonato. Sem vencer a oito jogos e com cinco derrotas consecutivas, o Alvinegro vê o rebaixamento se aproximar a cada rodada.

Em 14 edições do Brasileiro de pontos corridos com 20 clubes, apenas duas equipes conseguiram se livrar da degola com situação igual ou pior na tabela. O Fluminense, em 2009, tinha apenas 17 pontos em 23 jogos, enquanto no ano seguinte, o Atlético-GO somava 20.