Publicidade

A diretoria do Botafogo vem trabalhando pela chegada de reforços. Mas para isso é preciso reduzir o elenco liberando os atletas que não estão nos planos do técnico Bruno Lazaroni. Neste cenário, o Alvinegro deve liberar nos próximos dias o lateral-direito Federico Barrandeguy e o meia peruano Alexander Lecaros. A saída dos dois é fundamental inclusive para que o Glorioso possa contratar atletas de fora do país. O volante Jhon Duque, do Millonarios, da Colômbia, e o atacante Ivan Angulo são alvos por exemplo.

Barrandeguy tem concorrência na lateral (Foto: Reprodução/ Botafogo TV)

Para que a saída dos dois não seja complicada e possa atrasar a chegada de reforços, o Botafogo aceita até mesmo pagar parte dos salários do jogador. Assim o caminho é procurar clubes da Série B, já que os botafoguenses também não pretende reforçar rivais no Brasileirão.

Barrandeguy perdeu espaço com a Kevin se estabelecendo como titular. Como Lazaroni gostou do que viu nos treinos de Gustavo Cascardo, o novo reforço, o uruguaio passou a ser tratado como carta fora do baralho. Antes de Luiz Felipe Scolari assumir o Cruzeiro, o clube mineiro fez uma sondagem pelo jogador. A Raposa como destino é algo que agrada ao Botafogo. Mas existe uma proposta financeiramente melhor de outro clube da Segundona que vem sendo mantido em sigilo.

Botafogo quer dar experiência a Lecaros

Lecaros teve poucas chances no Botafogo (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

Publicidade

Lecaros tem 21 anos e ainda é visto no Botafogo como um jogador promissor. Mas ainda precisa se adaptar ao futebol brasileiro na visão dos dirigentes. O Vitória mantém interesse no jogador e as tratativas estão adiantadas.

Se liberar o uruguaio e o peruano, o Botafogo vai ganhar vagas para estrangeiros em um elenco que conta com o goleiro paraguaio Gatito Fernández, com o volante colombiano Carlos Rentería, com o meia japonês Keisuke Honda e com o atacante marfinense Salomon Kalou.