Publicidade

No ano passado o Botafogo sofreu com o rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Naquela época o Alvinegro tinha três opções, mas todas com qualidade discutida pela torcida. Kevin foi titular a maior parte do tempo, tendo o uruguaio Federico Barrandeguy no plantel. Gustavo Cascardo, que fez apenas um jogo, na derrota de 2 a 1 para o Santos, corria por fora.

Um ano depois, na Série B, ganha força a expressão da água para o vinho. São quatro jogadores hoje disponíveis para o setor. Nenhum deles com a qualidade questionada pela torcida. Daniel Borges assumiu o posto após chegar do Mirassol. Foi tão firme que passou a formar um lado direito forte com Warley, outra opção para o setor, que passou a atuar como ala pela direita.

Jonathan resolveu o problema da lateral do Botafogo. Mas tem rivais (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Quem pensava que a dobradinha estava assegurada se enganou. Recuperado de lesão muscular, Jonathan Lemos, titular no começo do Campeonato Carioca, vem tentando recuperar o posto e se alternando na posição.

MAIS! Força do elenco segura a bronca no Botafogo

Publicidade

Isso tudo sem falar em Rafael. A principal contratação do clube para a Série è lateral-direito. Mas com tanta qualidade e com um cardápio variado para o setor, o técnico Enderson Moreira deixou claro que vai usá-lo no meio-de-campo.

– Acho importante ter muitas opções em um elenco de grande clube como é o Botafogo. Mas o importante, e que acontece aqui, é que todos se respeitam. Assim todos trabalham animados – garantiu Jonathan Lemos.

Relacionadas

Marcelo Benevenuto Fortaleza
Navarro Botafogo

Com todas essas opções o Botafogo volta a campo nesta quarta-feira para enfrentar o Brusque pela Série B do Campeonato Brasileiro. As duas equipes se enfrentam às 20h30(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Comentários