Comissão técnica do Botafogo vai trabalhar com pequenas metas

publicado em 18/11/2020 às 9:00

A comissão técnica do Botafogo, liderada por Ramón Díaz, tem uma estratégia para conseguir a pontuação necessária para fazer o time escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A ideia é trabalhar com pequenas metas.

Botafogo vai trabalhar com pequenas metas (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Apesar de evitar falar do assunto Ramón Díaz quer ver o time trabalhando com metas em intervalos de três jogos. O Botafogo tem 20 pontos conquistados e segundo os matemáticos precisa de mais 25 para garantir a permanência na elite do futebol nacional. Isso representa ganhar oito dos 18 jogos que ainda tem por fazer na competição.

Leia também:

Flamengo pode atravessar ida de Jonas ao Botafogo
Agostini promete nova ida à CBF

A meta não será feita agora levando em consideração todos os jogos restantes. A cada três duelos os jogadores serão comunicados da meta para o próximo trio de partidas. Assim a ideia é não desanimar quando a meta não for atingida e empolgar os atletas a fazerem gordura de olho nos próximos objetivos.

Comissão técnica confia no elenco

Emiliano Díaz definiu primeiras metas, mas não vai revelar (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O treinador ainda não assumiu o time. Seu filho, Emiliano Díaz, dirigiu o Glorioso na derrota de 2 a 1 para o Bragantino.

– Apesar do resultado negativo foi possíver ver avanços. Confiamos demais neste grupo – disse Emiliano Díaz.

O Botafogo volta a campo no próximo domingo. O time vai enfrentar o Fortaleza no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), às 18h15(de Brasília). Mas a comissão técnica só vai definir o time que vai a campo nos últimos jogos da semana. Assim terá tempo de estudar alterações.

Deixe seu comentário:

Comentário