Publicidade

O presidente Durcesio Mello costuma dizer que o Botafogo não tem mais direito de errar quando o assunto é o clube virar S/A. Mas com o reaquecimento do mercado após pandemia, o dirigente vem trabalhando com cem por cento do foco em transformar o clube em empresa. Em conjunto com o CEO Jorge Braga e com escritórios externos especializados no assunto, o mandatário pretende convocar em breve o Conselho Deliberativo. Apesar de negar o fato, há fundos de investimentos interessados.

Com o Botafogo S/A montado a tendência é que o clube consiga rapidamente aportes financeiros. Estudos internos falam na necessidade de pelo menos R$ 300 milhões para as dívidas emergenciais. Além disso vai ser preciso investir de forma pesada no futebol para que o retorno dos investidores aconteça.

Durcesio Mello Botafogo Durcesio Mello sonha com Botafogo S/A em breve (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

Esta semana o jornalista “Ancelmo Gois” trouxe a informação de que dois fundos estariam interessados no Botafogo. Além disso informou que o clube recusou R$ 300 milhões em 2019 por conta da indecisão dos dirigentes da época. Na ocasião o clube era presidido por Nelson Mufarrej.

Publicidade

MAIS: Chamusca descarta ter preferidos no elenco

Durcesio por sua vez prefere a cautela ao falar do que o Botafogo S/A pode buscar no mercado.

– Nós precisamos agir com responsabilidade e com respeito ao clube. O Botafogo não permite mais erros. Hoje as notícias que saem tem muito cunho político. Assim só causa prejuízo. Falam em vários interessados. Mas me digam quem são eles pois marco reunião na hora. O que tem de concreto é muito trabalho de advogados, no nosso CEO e do clube para podermos envolver ainda mais o Conselho Deliberativo – disse Durcesio.

Subir para a Primeiro Divisão é prioridade

Publicidade

Outra preocupação interna é com a necessidade de se subir para a Série A. Apenas na elite do futebol nacional o projeto é interessante. Assim Jorge Braga tem tratado diretamente com o diretor de futebol Eduardo Freeland sobre a liberação de recursos.

Para poder trazer o time à Primeira Divisão a ideia é investir em um volante, um meia e um artilheiro de mais qualidade. O Botafogo estreia na Série B no fim deste mês, contra o Vila Nova, em Goiânia (GO).

Comentários