Publicidade

O Botafogo voltou a perder e o nível de cobrança aumentou em relação ao trabalho do técnico Marcelo Chamusca. Mas o treinador se agarra ao fato de o Alvinegro estar conseguindo controlar a maioria dos jogos. Entretanto a equipe segue longe do G-4.

Na noite de terça-feira o Botafogo visitou o CRB-AL em Maceió e até fez um bom início de jogo. Com marcação forte na saída de bola do adversário e boa intensidade, abriu o placar aos 29 do primeiro tempo, com Rafael Navarro.

Marcelo Chamusca Botafogo Chamusca tem a missão de levar o Botafogo à Primeira Divisão (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

Mais uma vez a equipe não conseguiu segurar o resultado e foi surpreendida com o empate do CRB com menos de um minuto de bola rolando no segundo tempo. Em falha defensiva na cobrança de escanteio, a equipe alagoana virou aos 30 minutos e dormiu no G-4 da tabela de classificação.

Publicidade

MAIS! Erros de Douglas Borges motivam discussões no Botafogo

Esta foi a terceira derrota do Botafogo em nove jogos. Todas aconteceram nas últimas cinco rodadas. Apesar disso, Chamusca avalia como positivo o seu trabalho à frente da equipe.alvinegra.

– O trabalho do treinador passa por performance, e acho que meu trabalho está sendo positivo. Estamos tendo sempre o domínio dos jogos, finalizamos em boa parte mais do que o adversário, o goleiro do adversário sempre trabalha mais do que o nosso goleiro. O que não conseguimos é transformar esses números no resultado final do jogo. O treinador tem algum controle, quando estabelece um plano. Os jogadores seguiram o plano que montamos hoje, só que esse êxito é entre aspas, porque o resultado final não tivemos – disse o Chamusca.

Botafogo tem 44,4% de aproveitamento

Botafogo perdeu para o CRB. Assim se distanciou do G-4 (Foto: CRB/Divulgação)

Publicidade

Chamusca insiste em pontuar que o Botafogo controla as partidas e que esse é o caminho para as vitórias.

– Precisamos transformar esse controle de jogo, essa imposição no campo do adversário, o que tem ocorrido em todos os jogos, no resultado efetivo do jogo. Se empatasse hoje, já seria ruim. Perder foi péssimo. Quando você controla, você está mais próximo de vencer – afirmou.

Relacionadas

General Severiano

Com 44,4% de aproveitamento, o Botafogo vai se distanciando do G-4. No momento, a diferença está em cinco pontos, mas ela ainda pode aumentar para sete dependendo dos resultados da rodada.

Publicidade

O Alvinegro tem duas partidas complicadas pela frente nas próximas rodadas, mas ao menos terá um tempo maior para treinar. No sábado, recebe o Cruzeiro no Nilton Santos. Na sequência, uma semana livre até o duelo com o Brusque-SC, fora de casa.

Comentários