Publicidade

Caio Alexandre foi o herói do Botafogo no clássico com o Fluminense, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele marcou o gol de empate, aos 27 minutos do segundo tempo. O Fogão mostrou poder de reação, mas o resultado não alivia a situação do time no torneio: são dez jogos sem vencer, série que pesa e faz o time figurar na zona de rebaixamento.

Caio Alexandre, do Botafogo Caio Alexandre empatou para o Botafogo | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

“Ficamos triste pelo resultado, jogando em casa. Fizemos um bom segundo tempo, finalizamos, tivemos  bola na trave, imposição. Temos de seguir trabalhando. Só com trabalho vamos sair desta situação. O Botafogo merece estar no topo. Não estamos satisfeitos, mas certamente iremos melhorar”, declarou Caio Alexandre.

LEIA MAIS! Ruim para os dois: Botafogo e Fluminense empatam

Elogios para Lazaroni no Botafogo

Publicidade

O clássico marcou a estreia de Bruno Lazaroni, efetivado como técnico do Botafogo. Ele repetiu a estratégia de utilizar três zagueiros. Rafael Forster atuou como volante. Caio Alexandre mostra otimismo e elogia o treinador.

“Lazaroni é uma grande pessoa, grande ténico, inteligente. Ele vai agregar muito. Vamos sair desta situação”, finalizou Caio Alexandre.

LEIA MAIS! Pai de Bruno, Lazaroni levou Botafogo à final. Caiu após vexame no Maraca

Publicidade

Com 12 pontos em 13 jogos – apenas uma vitória e nove empates -, o Botafogo continua na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time está na 18ª colocação, mas aguarda o desfecho da rodada e ainda pode perder posição. O próximo compromisso do Fogão é na quarta-feira, às 21h30, quando vai receber o Palmeiras no Estádio Nilton Santos.