Botafogo tenta sair da degola contra o Fortaleza

publicado em 22/11/2020 às 8:30

O Botafogo está na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro e neste domingo recebe o Fortaleza, no Nilton Santos. Mais uma vez, os alvinegros não terão o técnico o técnico Ramón Díaz a beira do campo.

Honda vem sendo um dos destaques do Botafogo (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

Sem Ramón Díaz, os donos da casa vão ser comandados novamente por Emiliano Díaz. O auxiliar teve a semana para trabalhar com o elenco.

Emiliano Díaz elogiou a qualidade dos jogadores, mas destacou que o momento é de reconquistar a confiança e diminuir a ansiedade em campo.

– É ganhar confiança, acreditar no trabalho que está começando. Temos que esperar o momento certo para atacar, nos defendermos bem, defender o resultado. Esse grupo está para grandes coisas – disse.

Para esta partida, o Botafogo deve manter a formação que iniciou a derrota para o Bragantino. O argentino elogiou a atuação da equipe nos primeiros 45 minutos da partida.

Fortaleza tenta voltar a vencer

Do outro lado, o Fortaleza acabou com a série de derrotas ao empatar com o Vasco no meio de semana, Além disso, a boa atuação em São Januário animou os cearenses para buscar uma vitória no Nilton Santos.

O técnico Marcelo Chamusca avaliou o que vem mudando na equipe após substituir Rogério Ceni no comando do Fortaleza.

– A gente procurou manter a estrutura tática da equipe. Ter melhor controle na defesa. Acho que a gente melhorou na organização defensiva e o perde-pressiona – declarou.

Chamusca também deve repetir a formação que começou o jogo contra o Vasco. Isso porque, o técnico segue sem poder contar com Paulão, Osvaldo e Yuri César, com Covid.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO X FORTALEZA

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 de novembro de 2020, domingo
Hora: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Helton Nunes (SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luís; José Welison, Caio Alexandre, Honda e Bruno Nazário; Éber Bessa e Matheus Babi
Técnico: Emiliano Díaz (auxiliar)

FORTALEZA: Felipe Alves, Tinga, Jackson, Bruno Melo e Carlinhos; Juninho, Ronald e Marlon; David, Romarinho e Wellington Paulista.
Técnico: Marcelo Chamusca

Deixe seu comentário:

Comentário