Publicidade

A segunda-feira é decisiva para Botafogo e o lateral-direito Rafael. Jorge Braga, CEO do clube, informou que uma reunião vai definir se o jogador vai reforçar o Fogão.

Para concretizar a operação, o Botafogo pode abrir uma exceção e pretende contar com doação de torcedores, embora destaque que este modelo não é o ideal.

Rafael Basaksehir Turquia Rafael tem reunião decisiva com Botafogo | Foto: Imago Images

– Quero deixar claro meu desejo de contar com o Rafael, ainda que o único modelo viável no curto prazo seja doação ou mútuo de ilustres torcedores. Esta alternativa não é a ideal na nossa convicção como forma de gerir, mas pode ser uma exceção para viabilizar esse projeto tão especial – declarou o dirigente.

Relacionadas

Rafael Basaksehir
Warley Botafogo

Publicidade

Além disso, o dirigente do Botafogo destacou que, caso o desfecho com Rafael seja positivo, o clube vai precisar liberar atletas que não estão nos planos para equilibrar as contas.

Voltando! Gatito Fernández inicia treino com bola

Livre no mercado da bola desde que rescindiu com Basaksehir, da Turquia, Rafael é torcedor do Botafogo e já declarou o desejo de defender o clube. A segunda-feira é decisiva para as duas partes.

A nota oficial do Botafogo sobre Rafael

Publicidade

“Entendemos ser importante apresentar nova atualização ao torcedor sobre as negociações com o lateral-direito Rafael. O Botafogo está muito impactado com o entusiasmo, a paixão e o sonho do jogador de vestir a camisa alvinegra, além de ser um atleta de altíssimo nível e que tem muito a agregar dentro e fora de campo.

Desde o início das negociações, estamos realizando internamente uma série de simulações financeiras, estudando modelos e projetando cenários.

Já externei ao presidente e demais diretores meu entusiasmo com esta contratação, desde que isso não faça o clube andar para trás em suas premissas de honrar dívidas e compromissos.

Publicidade

Quero deixar claro meu desejo de contar com o Rafael, ainda que o único modelo viável no curto prazo seja doação ou mútuo de ilustres torcedores. Esta alternativa não é a ideal na nossa convicção como forma de gerir, mas pode ser uma exceção para viabilizar esse projeto tão especial.

Amanhã (6/9) haverá uma reunião definitiva com o atleta e seus representantes para buscarmos alcançar um desfecho positivo.

Adicionalmente, precisaremos tomar duras medidas internas para garantir a manutenção do compromisso orçamentário. Isso significa liberar e buscar acordos com atletas que estão fora dos planos para a sequência da temporada.”

Comentários