Publicidade

O drama do Botafogo no Campeonato Brasileiro aumentou. Após vencer o Coritiba e recuperar o ânimo, um balde de água fria na luta contra o rebaixamento. Neste domingo, com pouco poder de fogo, o clube carioca perdeu para o Corinthians por 2 a 0, no Estádio Nilton Santos, pela 27ª rodada.

Botafogo x Corinthians Warley leva o Botafogo ao ataque, mas sem sucesso | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Corinthians

O Botafogo continua afundado na zona de rebaixamento e perdeu uma importante oportunidade de colar nos rivais que também lutam contra a degola. O clube carioca continua a cinco pontos do Bahia, primeiro time fora do Z-4. Ou seja, precisa de pelo menos duas rodadas para sair da zona da degola. O Fogão está na 19ª colocação, com 23 pontos. A diferença não é tão grande, mas o futebol do Glorioso não ajuda, que venceu apenas quatro jogos no Brasileiro.

Já o Corinthians ganha cada vez mais fôlego na briga por uma vaga na Libertadores. O Timão agora tem 39 pontos e ocupa a 8ª colocação, mas depende do complemento da rodada.

Publicidade

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Athletico-PR, no dia 6 de janeiro, no Estádio Nilton Santos. Já o Corinthians só volta a campo no dia 13 de janeiro, quando vai receber o Fluminense.

Botafogo leva castigo

Sem Honda, lesionado, Eduardo Barroca apostou em Cícero no meio de campo e colocou Victor Luís como ponta, mantendo Rafael Forster na lateral esquerda. O Botafogo levou perigo logo com dez segundos, em lance ensaiado na saída de jogo. Caio Alexandre recebeu e lançou Warley. O atacante chutou para fora, assustando o Corinthians.

O clube carioca fazia uma atuação segura, mas encontrava dificuldade para criar, sobretudo por errar passes na intermediária corintiana. O clube paulista também sofria com falta de inspiração. Porém, deu o bote. Cazares insistiu e passou para Gustavo Silva. O atacante invadiu a área pela direita e cruzou para o baixinho Cazares, livre na área, marcar de cabeça, aos 33 minutos: 1 a 0.

Publicidade

O Botafogo continuou na mesma batida, com mais posse de bola, mas sem se encontrar ofensivamente e foi para o intervalo em desvantagem.

Botafogo não se acha ofensivamente

Insatisfeito com a produção ofensiva do Botafogo, Barroca fez logo duas mudanças no intervalo. Ele colocou Kalou e Matheus Babi. Saíram Victor Luís e Warley. Em cruzamento de Babi, Gil desviou e obrigou Walter a salvar o “fogo amigo”. O técnico do Fogão deixou o time mais ofensivo, com a entrada de Lecaros no lugar de José Welinson.

Ainda sem poder de fogo, Barroca mudou de novo. Éber Bessa no lugar de Cícero. O Corinthians quase ampliou. Ramiro acertou o travessão. Depois, Cavalieri precisou salvar cabeçada de Jô.

Publicidade

Apesar de todas as peças ofensivas que colocou em campo, as substituições não deram o resultado esperado. E o Botafogo ainda levou o segundo gol nos acréscimos. Mateus Vital, que entrou no lugar de Otero, recebeu presente de Kalou e bateu no canto de Cavalieri: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0X2 CORINTHIANS

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Domingo, 27/12/2020
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Éder Alexandre (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartão amarelo: Éber Bessa (Botafogo) e Ramiro (Corinthians)
Cartão vermelho: –
Gols:
Botafogo: –
Corinthians: Cazares, aos 33′ do 1ºT, e Mateus Vital, aos 49′ do 2ºT

Publicidade

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Rafael Forster (Rhuan); José Welison (Lecaros), Caio Alexandre e Cícero (Éber Bessa); Victor Luís (Matheus Babi), Warley (Kalou) e Pedro Raul; Técnico: Eduardo Barroca

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Jemerson, Gil, Fábio Santos; Gabriel, Ramiro (Xavier), Cazares (Marllon) e Otero (Mateus Vital); Gustavo Silva (Léo Natel) e Jô (Lucas Piton); Técnico: Vagner Mancini.