Publicidade

A sequência de derrotas no Campeonato Brasileiro manteve o Botafogo na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A torcida alvinegra aumentou a pressão sobre o elenco com pichações no Nilton Santos e General Severiano.

Muros de General Severiano pichados (Foto: Divulgação)

Nos dois locais, as pichações incluíram ameaças de morte: “O Botafogo vale mais que suas vidas”, “Vai morrer, seus f… p…”, “Já ouviram falar em morte de jogador?” e “Protejam as crianças” fora escritos no estádio. Enquanto que na sede, o dizer “Ou ganha ou morre” apareceu, em alusão ao clássico deste sábado contra o Flamengo.

Por conta das ameaças, o departamento jurídico do Botafogo registrou um Boletim de Ocorrência na Polícia. Com isso, o clube vai tentar identificar as autores das pichações.

Publicidade

Esta não é a primeira vez que os muros do Nilton Santos são pichados. No início do Campeonato Brasileiro, os alvos foram o atacante Pedro Raul, o técnico Paulo Autuori e a diretoria.

Leia também:

Ainda não! Gatito Fernández será desfalque contra o Flamengo

Publicidade

Padre, Pai de Santo, reza brava…Botafogo busca apoio no lado espiritual

Dentro de campo, os alvinegros voltam a campo contra o Flamengo, neste sábado, no Nilton Santos.