Publicidade

Nos últimos dois anos o Botafogo flertou com a zona de rebaixamento durante boa parte do Campeonato Brasileiro. Em 2018 o alívio veio com uma sequência de quatro vitórias consecutivas iniciadas em novembro. Em 2019 foi mais ou menos por essa época que o time derrotou Corinthians e Chapecoense e afastou o risco da degola. Mas este ano o Glorioso não quer deixar para as rodadas finais o alívio. A ordem no Botafogo é antecipar arrancada para não sofrer no Campeonato Brasileiro.

Botafogo quer antecipar arrancada para não sofrer no Campeonato Brasileiro (Foto: Gabriel Baron/Botafogo)

Com a troca da comissão técnica e a chegada do técnico Ramón Díaz existe a expectativa de que o Botafogo possa encontrar mais rapidamente possível o seu ponto de equilíbrio. Os jogadores estão unidos ao redor desse desejo. Mas sempre com os pés no chão.

– O Botafogo sabe que não pode adiar a sua reação no Campeonato Brasileiro. Os jogadores estão cientes dessa responsabilidade. Não podemos deixar para ganhar na reta final da competição – disse o lateral-esquerdo Victor Luís.

Publicidade

Leia também:

Problema! Guilherme Santos revela lesão grave
Botafogo estuda protestos e deve se reunir com comissão de arbitragem

Um exemplo positivo para o grupo foi o ano de 2016. Após terminar o primeiro turno na zona de rebaixamento, o Botafogo embalou a partir da estreia no returno com um triunfo de 1 a 0 sobre o São Paulo no Morumbi. Além disso a arrancada terminou com a conquista de uma vaga na Copa Libertadores.

Botafogo vai pensar no jogo a jogo

Botafogo planeja arrancada no Brasileirão, mas pensando no jogo a jogo (Foto: Gabriel Baron/Botafogo)

Publicidade

Apesar de não projetar o futuro, o grupo realmente deseja crescer na competição. Mas sempre pensando no jogo a jogo.

– Vamos seguir o nosso trabalho pensando no jogo a jogo, encarando cada partida como uma decisão. O Campeonato Brasileiro se joga dessa maneira – disse o zagueiro Marcelo Benevenuto.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na noite da próxima segunda-feira, às 20h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). O rival será o Bragantino, concorrente direto na luta contra o rebaixamento.