Publicidade

O Botafogo ficou na bronca, especialmente, com dois lances na arbitragem de Caio Max Augusto Vieira na derrota para o Internacional, neste sábado, por 2 a 1. Coube a Túlio Lustosa, gerente de futebol, o posicionamento do clube. Eduardo Barroca não concedeu coletiva.

Túlio Lustosa Botafogo Túlio Lustosa reclama, em especial, de dois lances | Foto: Vitor Silva/ Botafogo / Divulgação

O dirigente abordou especificamente dois lances. O primeiro envolve o lateral-direito Rodinei. Ele já tinha levado cartão amarelo e, depois, colocou a mão na bola. A arbitragem não puniu.

“Ele interrompe um lance promissor nosso. Estava amarelado e era o segundo cartão amarelo. O próprio Rodinei admitiu, disse isso ao Barroca na ida para o vestiário, e o Abel, muito inteligente, tirou no segundo tempo. Na nossa opinião, a arbitragem foi desastrosa e parcial. A começar pelo lance do Rodinei. Fico decepcionado com a atitude do árbitro, é uma regra muito simples”, disse Túlio, à Botafogo TV.

Publicidade

LEIA MAIS! Diego Cavalieri renova com Botafogo por mais uma temporada

O segundo lance alvo da reclamação do Botafogo foi o que determinou a derrota para o Internacional. O lateral-direito Kevin rolou a bola para trás em cobrança de falta a favor do clube carioca, aparentemente, com o desejo de que Cavalieri, de fato, executasse a cobrança. Porém, Yuri Alberto interceptou o passe e fez o gol. A arbitragem validou o lance.

“Na outra jogada, o nosso lateral-direito não reiniciou a partida. O gesto corporal dele mostra isso, o toque sem direção para nenhum atleta. Ele não iniciou a partida. O segundo ponto, mais grave, é que estava fora do local da cobrança da falta. Se o Kevin fizesse um lançamento e um atacante nosso ficasse na cara do gol? O árbitro Caio Max voltaria a cobrança. Só mostra que ele nunca jogou futebol”, completou Túlio.

Botafogo se complica ainda mais no Brasileiro

Publicidade

A virada do Internacional representou a sétima derrota seguida do Botafogo no Campeonato Brasileiro. O clube carioca tem apenas 20 pontos e agora segura a lanterna. No momento, o Fogão tem cinco pontos a menos em relação ao Sport, primeiro clube fora do Z-4 e que ainda joga na rodada.

LEIA MAIS! Botafogo deve dar cartada por Caio Dantas, artilheiro da Série B

Na próxima rodada, o Botafogo tem um confronto direto na luta contra o rebaixamento. O Fogão enfrenta o Coritiba, atualmente 18º colocado, no Couto Pereira, sábado, às 21h.