Publicidade

O Botafogo vive ótimo momento dentro de campo. A equipe caminha a passos largos rumo a elite do futebol brasileiro.

No entanto, fora dele, o clima pesou. Isso porque o elenco do Botafogo emitiu uma carta onde reclama do atraso de salários.

General Severiano Botafogo tenta superar crise financeira (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Além da reclamação, os jogadores impuseram a lei do silêncio e não vão dar entrevistas nos próximos dias. As atitudes podem ser outras caso o problema não seja resolvido até o fim de semana.

Publicidade

Só que a diretoria do Botafogo não deixou por menos. O clube também emitiu uma nota se defendendo das acusações.

Relacionadas

Enderson Moreira Botafogo

O Botafogo admitiu o atraso nos direitos de imagem e no salário de apenas três jogadores do elenco. No entanto, o clube informou que antecipou premiações aos jogadores.

Confira a nota oficial:

O Botafogo sempre foi transparente quanto à realidade financeira e vem mantendo diálogo permanente com os jogadores, informando os movimentos internos em busca de soluções.

Publicidade

Transparência:

1) Todos os colaboradores (incluindo os atletas) que recebem até 60 salários mínimos estão em dia com os seus vencimentos. Três atletas que recebem acima deste valor ainda aguardam a parte complementar.

2) 17 atletas estão com direitos de imagem em atraso aguardando decisão judicial. O valor, suficiente para estes ajustes e para o pagamento da folha de novembro, encontra-se depositado em juízo à espera da liberação dos magistrados. Descumprimento de ordem judicial é impensável.

Publicidade

3) Ciente da importância do momento, o Botafogo antecipou aos atletas R$ 600 mil reais de premiação futura nos últimos 60 dias.

O Botafogo respeita a manifestação dos atletas e destaca todos os esforços de reestruturação administrativa envidados desde o início da gestão, além da parceria com o SindeClubes e o MPT, que nos permitiram chegar até este mês sem atrasos salariais.

Botafogo de Futebol e Regatas

Comentários