Publicidade

A diretoria do Botafogo corre contra o tempo para ter treinador no sábado, quando a equipe irá enfrentar o Brusque, em Santa Catarina. Os dirigentes finalmente atenderam o clamor da torcida e demitiram o técnico Marcelo Chamusca, nesta terça-feira. O assunto vinha rendendo desde o empate com o Cruzeiro no último sábado. Mas a direção do Botafogo não queria deixar a equipe sem treinador, o que acabou acontecendo.

Lisca, ex-América Mineiro é o nome mais forte, mas nada certo por enquanto  (Foto: América)

O Alvinegro então corre para definir o novo comandante o mais rápido possível. O objetivo, portanto, é evitar que a equipe viaje sem técnico.

Leia também

Chay: ‘Darei minha vida pelo acesso’

Publicidade

Caiu! Marcelo Chamusca não é mais técnico do Botafogo

Vários nomes estão sendo especulados, mas o mais forte é o de Lisca, que comandou o América-MG na Série B de 2020 e conquistou o acesso. Pelo Twitter, o apresentador do programa “Donos da Bola”, da Band-Rio, Edilson Silva, cravou o acerto com o treinador gaúcho.

Em seu último trabalho, Lisca comandou o Coelho em 59 partidas, com 61% de aproveitamento. Além disso, levou a equipe às semifinais da Copa do Brasil no ano passado e ao vice mineiro em 2021.

Relacionadas

Chay Botafogo

Publicidade

Juntamente com Lisca, Eduardo Baptista, do Mirassol-SP, Antônio Carlos Zago, Vanderlei Luxemburgo e Dorival Júnior, esses três últimos sem clube, estão no páreo. Entretanto, Luxa, principalmente, e Dorival, são considerados caros.

O Botafogo, contudo, mantém silêncio sobre as negociações em andamento.

Comentários