Publicidade

O Botafogo faz a sua pior campanha na história dos pontos corridos. São apenas 20 pontos, somente três vitórias e a penúltima colocação. Dentro de campo o time parece apático. Mas a comissão técnica vai tentar buscar inspiração no passado para conseguir fazer o time reagir.

Botafogo tenta reagir no Brasileiro (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Faltando 15 partidas para acabar a competição para o Glorioso, o time precisa vencer mais da metade para se manter na Primeira Divisão. Mas o técnico Eduardo Barroca quer mostrar aos jogadores que o clube conseguiu reações assim no passado.

Leia também:

Publicidade

Botafogo trabalha para manter jogadores até fim do Brasileiro
Botafogo mantém esperança acesa para superar ‘momento muito ruim’

Os jogadores serão lembrados em palestras que em 2009 o rebaixamento era dado como certa. Mas que nos 15 jogos finais o Glorioso conseguiu vencer sete confronto, alguns contra times que brigavam pelo título, como São Paulo e Palmeiras. Além disso empatou três partidas e perdeu cinco.

Jogadores do Botafogo se esforçaram no limite

Botafogo comemora contra o Palmeiras em 2009 (Foto: Reprodução Youtube)

O elenco de 2009 era limitado, talvez pior tecnicamente do que o atual. Mas vontade nunca faltou.

Publicidade

– Naquele ano de dois mil e nove o Botafogo conseguiu uma reação importante, mas nós jogadores nunca deixamos de acreditar. Tivemos jogos muito bons, reagimos mesmo diante dos adversários que estavam brigando em cima. Fomos para a rodada final precisando ganhar e ganhamos. Assim escapamos – lembrou o goleiro Jéfferson, se referindo aos 2 a 1 sobre o Palmeiras.

Se quiser reagir em grande estilo o Botafogo tem uma grande oportunidade nesta quarta-feira. O time duela com ninguém menos que o líder São Paulo no Morumbi, em São Paulo (SP), às 21h30(de Brasília), em jogo reprogramado do primeiro turno.