Publicidade

A diretoria do Botafogo apresentou nesta terça-feira Ramón Díaz. O argentino assume o lugar do técnico Bruno Lazaroni, que foi demitido. Aos 61 anos Ramón tem mais um desafio na carreira. Mas ele chega conhecendo bem o clube onde vai trabalhar.

Botafogo apresentou Ramón Díaz (Foto: Botafogo TV)

Ciente da ligação dos botafoguenses com a tradição do clube, Ramón Díaz reconheceu que está vindo para o clube mais tradicional do Brasil.

– Só tenho que agradecer esta oportunidade. Vir trabalhar no clube mais tradicional do Brasil. Um grande desafio. Mas a minha comissão técnica é muitop experiente e vamos tentar estar à altura do desafio. O que vamos prometer é muita dedicação, disciplina, trabalho. É o que tenho feito em toda carreira – disse ele.

Publicidade

Leia também:

Botafogo só pode fazer uma contratação
Flavio Tenius vai passar a Ramón Díaz o raio x do Botafogo

Ramón aposta que o Botafogo vai deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

– Sei que o momento é difícil com a presença na zona de rebaixamento. Mas sei que o Botafogo tem grandes jogadores e que pode sair desta situação – afirmou ele.

Ramón Díaz viu últimos jogos

Ramón Díaz chegou ao Botafogo (Foto: Twitter Botafogo)

O treinador acredita que os últimos jogos poderiam ter tido um outro final e por isso se mostra confiante. Ele viu a derrota de 1 a 0 para o Bahia.

– Teremos que trocar algumas coisas na parte tática. Na segunda-feira é possíovel que já percebam algo de diferente. Mas tem um trabalho. A última partida com o Bahia vi que o Botafogo tinha possibilidade de ganhar e de perder, o que aconteceu. No Botafogo me parece que a parte defensiva é jovem, muito rápida, os laterais atacam. Vamos mudar algumas coisas táticas. Mas o que mais me agrada e que temos juventude – avisou ele.

Publicidade

Por conta de uma cirurgia, Ramón Díaz só vai estrear na partida contra o Fortaleza, no dia 22. Antes disso o Botafogo recebe o Bragantino na segunda-feira, às 20h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos. O time será dirigido pelo auxiliar Emiliano Díaz, filho de Ramón.

Ramón Díaz tem currículo vitorioso

Ramón Diaz foi campeão no River Plate (Foto: Divulgação)

Experiente, Ramón Díaz tem no currículo alguns bons trabalhos. Ídolo do River Plate, ele conquistou a Copa Libertadores pelo clube em 1996. Além disso eliminou a Seleção Brasileira quando dirigia a seleção do Paraguai.

Além do River Plate, Ramón Díaz dirigiu o Sam Lorenzo e o Independiente na Argentina. No México esteve à frente do América e também teve passagem no futebol do Egito. No seu currículo também tem uma passagem de dois anos pela seleção do Paraguai, entre 2014 e 2016.

Publicidade

Pelo Paraguai o treinador foi semifinalista da Copa América de 2015. Neste torneio, nas quartas de final, eliminou a Seleção Brasileira. Os times empataram por 1 a 1 e os paraguaios avançaram nas cobranças de pênaltis.

O último trabalho de Ramón Díaz como treinador foi no Libertad do Paraguai este ano. Ele pediu demissão há pouco menos de um mês, após duas derrotas seguidas. Entendia que o time não vinha rendendo o que ele queria depois da interrupção do futebol por conta da pandemia. O time paraguaio avançou para as oitavas de final.