Publicidade

Apesar de não ser unanimidade junto aos torcedores e ser questionado por parte da imprensa, o técnico Eduardo Barroca não perde as esperanças de livrar o Botafogo do rebaixamento. O treinador comanda um time na lanterna do Campeonato Brasileiro. Mas só um milagre impedirá o Alvinegro de repetir o que aconteceu em 2002 e 2014.

Barroca, Botafogo Barroca está confiante em recuperar o Botafogo (Foto: Gabriel Baron / Botafogo / Divulgação)

Encarregado da missão de manter o time na Série A em 2021, o técnico Eduardo Barroca promete lutar até o fim.

– É o desafio da minha vida. Coloquei minha vida totalmente de lado – afirmou o comandante em entrevista à “ESPN Brasil”.

Publicidade

O treinador explicou os motivos de acreditar tanto.

– O que faz acreditar é o sentimento de dentro para fora. Acho que não existe nada mais importante nesse momento. Para cada um que está aqui e assumiu essa responsabilidade, eu assumi de frente porque confio no clube, na instituição e nas pessoas, isso não se mede. Neste momento não tem nada mais importante que entrega plena e trabalho para dar volta por cima. Imagina o prazer de conseguir reverter um cenário desse lá no final, não vai ter preço – completou.

Botafogo precisa de um milagre

Eduardo Barroca sofreu com a Covid (Foto: Divulgação)

Com apenas 20 pontos em 25 rodadas, o Botafogo precisa conquistar 25 pontos nos 13 jogos restantes para escapar da degola. Barroca, entretanto, não se fixa nos números e projeta o duelo decisivo contra o Coritiba, neste sábado. O Coxa é um adversário direto na luta contra o rebaixamento.

Publicidade

– Não fazemos contas. Até porque qualquer conta nesse cenário hoje não é real. Precisamos nos preparar muito bem para o jogo com o Coritiba, difícil, fora de casa, adversário que está próximo, temos que fazer a nossa melhor partida, nossa final do Campeonato Brasileiro tem que ser esse jogo. Nosso sentimento, espírito e energia devem estar voltados para fazer o melhor jogo do ano – projetou Barroca.

Leia também:

Túlio Lustosa critica arbitragem, mas também vê culpa de Kevin em lance polêmico
Botafogo terá novidades no confronto direto contra o Coritiba

Publicidade

O momento é de fato decisivo para o Alvinegro. Nas três rodadas seguintes, o Fogão medirá forças com o Corinthians e depois com outras duas equipes ameaçadas, o Athletico-PR e o Vasco. Se os resultados não vierem, a equipe estará virtualmente rebaixada no dia 10 de janeiro, com 9 rodadas de antecipação.