Publicidade

O Botafogo vem tentando manter seus principais destaques da campanha da Série B. Por outro lado, a diretoria quer liberar alguns jogadores que perderam espaço no elenco e não fazem parte dos planos para 2022.

Com isso, a barca do Botafogo começa a se formar. Os primeiros nomes citados pela imprensa carioca para deixar General Severiano são do volante Kayque e do meia Cesinha.

Cesinha pouco atuou pelo Botafogo em 2021 (Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

Kayque é jogador do Nova Iguaçu e estava emprestado ao Botafogo. O jovem atleta teve altos e baixos, mas perdeu espaço após a chegada de Enderson Moreira.

Publicidade

Já Cesinha chegou como uma promessa das categorias de base do Internacional. O meia pertence ao TAC, do Rio Grande do Sul, mas pouco ajudou os alvinegros. Para piorar, o jogador se envolveu em polêmica após divulgação uma foto vendo filme no mesmo horário de uma partida do Botafogo em que não foi relacionado.

Relacionadas

Eiras Botafogo
Breno Goiás

Outros jogadores devem deixar o Botafogo até o fim de 2021. O objetivo da diretoria é abrir espaço no teto salarial para contratar reforços para o início da próxima temporada.

Comentários