Botafogo

Autuori minimiza reação de Honda após substituição

Botafogo de Honda não jogou bem contra a Portuguesa (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O Botafogo garantiu a classificação para a semifinal da Taça Rio ao empatar com a Portuguesa. Durante a partida o japonês Honda foi substituído e saiu com cara de poucos amigos em direção ao banco de reservas.

Honda não gostou de ser substituído contra a Portuguesa (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O técnico Paulo Autuori minimizou a atitude de Honda.

– Nenhum jogador gosta de sair, mas no futuro quando passam a ser treinadores entender melhor e tomam essas atitudes. Uma coisa é pensar apenas em você, outra é quando tem grupo de trabalho e responsabilidade com todos tentar criar o mínimo de justiça com tomadas de decisões. Nosso objetivo nesse momento é estar bem atentos, preocupados e ter olhar cuidadoso com o esforço de cada um para que possam render. É uma situação normal – disse à ESPN Brasil.

O comandante alvinegro destacou que seu foco é de preservar os jogadores. Autuori ressaltou que o Botafogo está em uma sequência de jogos em poucos dias e com um período de treinos reduzido.

– Nosso objetivo é equalizar esse tempo. Nenhum jogador gosta de sair, mas isso para mim não quer dizer absolutamente nada. Vou tentar preservar os jogadores sempre, temos outro jogo domingo. São jogos seguidos com pouco tempo de treino. É muito complicado, temos que cuidar – declarou.

Leia também:

Kanu exalta classificação do Botafogo na Taça Rio

Autuori elogia Kalou: ‘É um jogador com qualidade inquestionável’

O Botafogo terá o clássico contra o Fluminense para definir um lugar na final da Taça Rio.

Você Também pode gostar