Publicidade

A saída de PV deixou uma lacuna na lateral esquerda do Botafogo. Assim o técnico Marcelo Chamusca fez a opção por Guilherme Santos. Apesar do triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória na noite de quarta-feira, a atuação do jogador foi muito criticada.

Guilherme Santos errou praticamente tudo o que tentou em campo. Se não comprometeu na defesa, não aproveitou a pouco resistência do ataque rival para ser mais ativo no campo ofensivo. Quando foi errou cruzamentos, passes e dribles.

Guilherme Santos foi mal contra o Vitória (Foto: Vitor Santos/Botafogo)

No segundo tempo Chamusca optou por lançar mão de Rafael Carioca. Nos poucos minutos em campo o jogador teve um desempenho melhor do que o de Guilherme Santos. Mas também esteve longe de empolgar. Além disso carrega a desconfiança por conta no péssimo desempenho na eliminação para o ABC na Copa do Brasil.

Publicidade

MAIS! Botafogo ainda busca explicações para erros de 2020

Com Hugo, no time de juniores, como uma opção estudada, o Botafogo já vê a lateral esquerda como um problema. Além disso PV vinha tendo um nível de atuação alto, sendo um dos mais eficientes do time. Assim os holofotes para a posição após a sua saída estão a todo vapor.

Relacionadas

Sousa Botafogo
Marcelo Chamusca Botafogo 010721

Internamente a diretoria não deseja contratar um reforço para a posição. Mas a vontade por acabar resistindo a novas atuações ruins do lateral. Só o tempo dirá.

Comentários